10 dicas de segurança em Paris

dicas de seguranca paris
Recebemos com certa regularidade pedidos de dicas de segurança em Paris, resolvemos então criar uma lista com informações preciosas, que vão ajudar o turista brasileiro a viajar de forma segura.
Antes de mais nada, é preciso deixar claro que Paris é uma cidade muito segura, sobretudo se comparada com a média das capitais brasileiras. No entanto, o enorme fluxo de turistas (30 milhões por ano!), somado ao fato de ser uma grande capital, com problemas sociais, como toda capital do mundo, acaba gerando uma certa incidência de “problemas”, que podem acontecer em forma de furto, golpes, entre outros.
Apesar de não ser uma regra, e se restringir quase sempre aos pontos turísticos, todos os problemas citados abaixo acontecem sim, e com bastante regularidade. Conhecemos vários casos de amigos, de passagem na cidade, que foram vítimas de cada um deles.

1 – As falsas surdas-mudas

Elas SEMPRE aparecem em qualquer aglomerado de turistas. Não importa quem você seja, se estiver na rota turística, vai se deparar com essas garotas em algum momento. Na imensa maioria das vezes, são meninas, menores, brancas, geralmente originarias do leste europeu (são as ditas ‘ciganas’), que se passam por surdas-mudas, e apresentam um suposto formulário pedindo uma assinatura e uma ajuda em dinheiro para uma suposta instituição de caridade. Evitem qualquer contato com essas meninas, e tentem vigiar as carteiras/dinheiro durante a presença delas (são as mesmas que roubam carteira, falaremos disso no próximo ponto).

2 – Batedores de carteiras (pickpockets)

Outro problema sério que pode atrapalhar a viagem do turista na capital francesa. Esse tipo de furto acontece em sua grande maioria dentro do metrô, sobretudo nas linhas mais frequentadas por turistas, e durante os horários de superlotação. Numa tentativa de diminuir esse tipo de crime, os metrôs da cidade anunciam, em intervalos de tempo regulares, alertas recomendando aos passageiros que vigiem seus objetos pessoais. Dentre o(a)s batedores de carteira mais ativos, estão as garotas citadas no ponto anterior.
A globo news fez uma matéria bastante informativa sobre esse problema na cidade de Paris, vale a pena ver o vídeo do começo ao fim, pra ter uma idéia.
Recomendamos fortemente uma constante vigilância dos pertences durante os trajetos de metrô.

3 – Golpe do anel de ouro

Acontece principalmente nos entornos da Torre Eiffel (Champs de Mars) e no Jardim de Tuleries, ao lado do Museu do Louvre.
O golpista  finge encontrar um anel no chão, na frente do turista, e pergunta se aquele anel o pertence. O turista, naturalmente, vai dizer que o anel não o pertence, então o golpista o oferece, num suposto agrado. Caso o turista aceite o tal anel, o golpista pede “encarecidamente” uma retribuição em dinheiro.
Na realidade, esses rapazes andam com o bolso cheios desses anéis, que devem custar em torno de 1 euro, e tentam simular uma gentileza pra ganhar dinheiro.
Nesse caso, basta negar o “agrado”.

Arnaquebagueenor

4 – Vendedores de fitas/pulseiras em montmartre

Não se trata extamente de um golpe, mas talvez de uma extorsão. Acontece num lugar específico, aos pés do morro que leva até a basílica Sacre Coeur, ponto de altíssimo fluxo de turistas.
Logo no início da longa subida que leva até a basílica, você vai se deparar com grupos de rapazes, sempre homens, de pele negra, em grupo, que ficam parados assediando os turistas. A abordagem é sempre a mesma: se aproximam simpáticos, sorridentes, puxando assunto em qualquer idioma. No caso dos brasileiros, eles possivelmente vao tentar falar algumas palavras em português, seguido de algumas referências ao futebol, dentre outras coisas. Caso você retribua o contato, eles vão pedir gentilmente para você estender a sua mão. Nesse momento, eles vão começar a enrolar uma espécie de fita/pulseira, sem o seu consentimento, de uma forma que não seja possível tirar depois. Feito isso, começa o assédio pra pedir dinheiro em troca, e caso você se negue, eles começam a reagir de forma menos simpatica, e as vezes aparecem outros dele, numa forma de fazer uma pressão, e só vão te deixar em paz depois que você pagar algo(e não aceitam trocados, hein?). Algo semelhante com o que acontece no Pelourinho, em Salvador, com os vendedores das fitas do bonfim.
Nesse caso, ignore-os desde a primeira abordagem, não responda e evite contato visual, simplesmente ignore as tentativas de aproximação.

Selection_278

5 – Apostas de rua (jogo do copo)

Esse tipo de golpe, apesar de bastante perigoso, só afeta quem decide voluntariamente participar dele. Se trata de “apostadores” de rua, que fazem uma espécie de jogo de aposta que consiste em 3 copos(ou outra coisa), onde um deles esconde algum objeto. Os copos são misturados, e os apostadores devem indicar em qual dos 3 se encontra o objeto inicialmente escondido. Em geral, esses golpistas trabalham em grupo, onde um deles administra o jogo, e alguns outros fingem que são apostadores ganhando dinheiro, pra chamar a atenção dos pedestres. Evite a qualquer custo esse tipo de aposta ilegal, você vai perder dinheiro.

298

6 – Roubos de malas em estaçoes de trem

Em Paris, além das estações normais de metrô, existem grandes estações que, além de metrô, também passam os trens que levam para outras cidades da França, ou outros paises da europa. Esse tipo de estação é chamada por aqui de “Gare“, e existem 5 na cidade: Gare du Nord(ou Paris Nord), Gare de l’est, Gare de Montparnasse, Gare de Saint-Lazare, e Gare de Austerlitz. Caso você chegue ou saia de Paris de trem, você vai ter que passar obrigatoriamente por alguma dessas gares. O grande fluxo de turistas nesses locais acabou gerando uma incidência de delitos de roubos de malas, e é preciso ficar realmente atento com isso. A forma de atuação dos “batedores de mala” é basicamente a mesma: caso você esteja parado, com malas no chão, em sua volta, uma primeira pessoa se aproxima pra pedir informações, e tenta tirar sua atenção mostrando um mapa, ou algo similar, enquanto uma segunda pessoa passa e leva embora alguma das suas malas.
Dito isso, nossa dica é: não solte suas malas, ou pelo menos não as perca de vista, em hipótese alguma.

7 – Furto de telefones celulares

Acredito que os brasileiros estão mais do que treinados pra esse tipo de problema. Em todo caso, evite de usar o telefone celular sentado nos assentos do metrô localizados ao lado das portas. Existem casos de furtos que acontecem no momento exato em que a porta do metrô esta fechando, e alguém do lado de fora simplesmente arranca o aparelho da sua mão. Além dessa situção, também recomendamos evitar colocar telefones sobre a mesa de algum café/restaurante, caso sua mesa esteja na parte externa, na calçada.

8 – Evitem vendedores informais

Evite comprar souvenir, tickets de metrô, água, etc, de vendedores informais, desses de rua. Essa prática é ilegal, e não vale a pena contribuir com isso.

9 – Evitem grande quantias de dinheiro em espécie

Você definitivamente não precisa andar com grandes quantidades de dinheiro. A possibilidade de perder documentos/carteiras sempre existe, e dessa forma você evita um rombo financeiro que possa comprometer sua viagem inteira.

10 – Guarde copia dos seus documentos

Tenha sempre uma cópia do seu passaporte guardado em segurança, no seu hotel, ou em outro lugar. Isso vai agilizar bastante a sua vida, caso você perca o documento original.
Em caso de roubo de documento, você deve procurar algum posto de policia pra fazer a ocorrência. Em caso de perda/roubo de passaporte, você deve ir primeiramente fazer a ocorrência num posto de policia, depois procurar a embaixada do Brasil (não confundir com consulado, são endereços diferentes!), para a emissão de um novo documento. Endereços abaixo!

Esperamos que essa lista sirva como um manual de prudência durante sua estadia na capital francesa. Pode ficar certo de que, estando ciente dos problemas citados acima, você já está mais do que protegido de qualquer “contratempo” que possa comprometer o seu passeio. Boa viagem!

==========

Consulado Brasileiro em Paris
34, cours Albert 1er – 75008 Paris
Telefone : 01 45 61 63 00 / Fax : 01 42 89 03 45
www.bresil.org
ambassade@bresil.org

Postos de Policia em Paris

*Caso você você tenha sido vitima de roubo, ou perdeu o passaporte, procure saber em qual arrondissement (area de Paris). Para isso, basta olha as placas que indicam o nome da rua onde você se encontra. Logo acima do nome da rua, você encontra o nome que corresponde ao arrondissement daquele local. Visto isso, procure o posto de policia mais perto, na lista abaixo(o simbolo M indica o metrô mais proximo):

policia paris

policia paris

 

Share on FacebookEmail this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Tumblr

Veja também...

7 Respostas

  1. Regina Wlmer disse:

    Estou indo a Paris em setembro e não tinha ideia do q vestir e de todo problema de segurança mencionado aqui. Estas dicas foram muito úteis e vão salvar minha viagem, obrigada mesmo!

  2. Miria disse:

    Bom dicas principalmente quanto a segurança

  3. Antonia disse:

    Já estive em Paris outras vezes e graças a Deus nunca me deparei com nenhuma das situações descritas, porém estou indo em novembro com mais cinco pessoas e agora me bateu medo. Existe a possibilidade de ataques a mão ar nada assim como no Brasil?

  4. Gi disse:

    Boa noite
    tive minha carteira furtada de dentro da bolsa no metrô de Paris entre as estações Pigalli e Anvers. Um grupinho de jovens bem vestidos causou um pequeno tumulto. E um deles com muita rapidez e precisão conseguiu abrir a bolsa e pegar sem ser notado devido ao empurra empurra, não senti o movimento. Fomos até uma delegacia local, mas a polícia não fez nada, não ajudou de maneira nenhuma, só nos falavam que tínhamos que procurar a embaixada. Mas como chegar até a embaixada sem dinheiro para metrô ou taxi. Estava com minha filha de 3 anos e os policiais diziam se vira. Tinha um cartão de crédito separado da carreira mas que por algum problema não queria funcionar nas máquinas do metrô. GAD uma moça que estava na delegacia prestando queixa nos deu dois bilhetes de metrô para que pudéssemos voltar para o hotel.
    Liguei na embaixada, fui muito bem atendida e liguei no 0800 dos cartões para realizar o cancelamento.

  1. 7 de maio de 2015

    […] a nossa postagem sobre dicas de segurança para não ter problemas dentro e fora do […]

  2. 14 de setembro de 2016

    […] alguns homens que vão tentar te colocar uma pulseira, cuidado!!! Tem um post bem legal no blog do exprosso paris, que te fala os cuidados que você tem que ter em Paris. Tem varias coisas desse tipo, tem outro que […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *