Dica de roteiro sul da Itália (16 dias)

Roteiro sul da Itália – 16 dias

 

Após passarmos ótimas férias na Itália, resolvemos dividir com vocês o nosso roteiro. Planejamos a nossa viagem com aproximadamente 2 meses de antecedência, o que é super importante durante a alta temporada. Todas as nossas hospedagens foram reservadas através do site AirBnb e recomendamos bastante! Os nossos trajetos foram feitos de trem e de ônibus. A maioria das passagens de trem você pode comprar diretamente no site da Trenitalia  e todos os ônibus que usamos foi possível comprar o bilhete no próprio local.

Então… Vamos lá!

Dia 1 – sábado: chegada em Nápoles.

Nápoles é uma cidade muito diferente da maioria que já conhecemos na Itália. É uma cidade que grita – literalmente! Muita gente na rua, muito barulho, feiras espalhadas pela cidade. Come-se muito bem em Nápoles, principalmente pizza! Indicamos 2 pizzarias que provamos e adoramos:

– Antica Pizzeria Port’Alba: Via Port’Alba, 18.

– Pizzeria da Pellone (Experimente aqui a famosa pizza fritta! ): via Nazionale, 93.

Nápoles

Nápoles

dia 2 – domingo: trem para Sorrento e ônibus (que se chama SITA) para Positano.

Na costa Amalfitana, escolhemos nos hospedar em Positano por ser uma cidade menor que Sorrento (a principal da região) e consequentemente menos cheia durante o verão. A cidade apesar de bastante turística é muito charmosa. É ótima para quem, como nós, optou por não alugar um carro pois conta com um grande número de ônibus que levam para as outras cidades da região.

Dicas de restaurante em Positano:

– Restaurante La Zagara (bom lugar pra tomar um drink e experimentar comidas locais): via Dei Mulini, 8/10

– Restaurante Saraceno d’Oro (ótima pizza!): viale Pasitea, 254.

Captura de Tela 2015-08-13 às 15.40.23

Positano

dia 3 – segunda-feira: Passeio em Positano e depois ônibus para Praiano.

Positano é muito charmosa e tem 2 praias principais, onde passamos a metade do nosso dia. Praiano é uma cidade bem pequenininha mas tem uma praia bem agradável.

Captura de Tela 2015-08-13 às 15.47.13

Praiano

dia 4 – terça-feira: Ônibus para Amalfi.

Neste dia fomos conhecer Amalfi, cidade com um centro histórico lindo e uma bela catedral. Depois de conhecermos um pouco a cidade, fomos andando para Atrani e para Ravello onde fica a praia Castiglione que é linda!

Captura de Tela 2015-08-13 às 15.53.42

Amalfi

 

Captura de Tela 2015-08-13 às 15.53.51

Atrani

Captura de Tela 2015-08-13 às 15.56.59

Ravello

dia 5 – quarta-feira: Barco para a ilha de Capri

No porto de Positano saem vários barcos que vão até Capri e custam em média 35 euros/pessoa. A Ilha é bem bonita, mas lotada de turistas. Os mini-ônibus que circulam por lá são bem cheios. Conhecemos também a parte de ilha que se chama « Ana Capri », que é bem menos lotada,vale a pena uma ida pra lá.

Captura de Tela 2015-08-13 às 15.54.01

Capri

dia 6 – quinta-feira: Ônibus para Sorrento + trem até Nápoles (estação central) + trens até Tropea.

A nossa intenção voltando para Nápoles era de somente comprar um bilhete de trem para o nosso próximo destino (sul da Itália), já que lá é uma das maiores cidades da região e muitos trens partem de lá. Porém, as passagens já estavam todas ESGOTADAS, então tivemos que pegar QUATRO trens para chegar onde queríamos: Tropea, na região da Calabria. O trajeto, por incrível que pareça, foi até agradável, já que o trajeto do trem é pela costa e você vai admirando as praias e belas paisagens.

Chegamos de noite em Tropea mas tivemos tempo de sair pra jantar e perceber o quanta a cidade é linda!

Captura de Tela 2015-08-13 às 15.59.42

Tropea

dia 7 – sexta-feira: Dia em Tropea

Passamos o dia conhecendo a cidade e aproveitando a praia de Tropea, que é simplesmente maravilhosa. Ficamos super encantados por esta cidade! As lojinhas que vendem temperos, massas e molhos são incríveis. Os turistas da cidade são praticamente todos italianos, o que faz com que a cidade mantenha sua autenticidade.

Captura de Tela 2015-08-13 às 16.05.20

Tropea

dia 8 – sábado: Trem para Scilla + trem para Villa San Giovanni + balsa para Messina (Sicília) + trem para Taormina.

Neste trajeto demos uma paradinha de 1 hora em Scilla porque ela foi super recomendada por um amigo italiano. Ele tinha toda razão! A praia, que foi o que conseguimos conhecer, tem o mar azul e a areia branquinha. Ficamos com vontade de ficar mais tempo!
Ao chegar em Taormina conhecemos a parte histórica da cidade que é lindíssima. Dica: olhe sempre para cima, as sacadas dos apartamentos dão um charme todo especial à cidade.

Captura de Tela 2015-08-13 às 16.09.41

Taormina

dia 9 – domingo: Dia em Taormina,

Passamos o dia em Taormina conhecendo melhor a cidade e também a sua praia, que apesar de lotada é lindíssima, com a água super cristalina.

Dicas de restaurantes:

– Da Cristina (deliciosas pizzas e arancini por um preço ótimo!): via Strabone, 2.
– Tratoria Rosticepi: via San Pancrazio, 18.

 

Taormina

Taormina

dia 10 – segunda-feira: Trem para conhecer Catania

Catania é uma das maiores cidades da Sicilia. Conhecemos o famoso mercado de peixes, o maior e mais autêntico mercado da Sicilia. Super interessante! Os arredores, com feira de frutas e queijos também valem muito a pena serem visitados. Passamos o dia andando pela cidade, onde está localizado o vulcão Etna, um dos mais ativos da Europa. No fim do dia fomos à praia, que não é tão bonita quanto as que visitamos nas outras cidades.

Captura de Tela 2015-08-13 às 16.22.35

Mercado de peixe – Catania

dia 11 – terça-feira: Trem para Catania + trem para Palermo + ônibus para Trapani.

Chegamos enfim ao lado esquerdo da Sicilia, a parte africana da ilha. Trapani foi bastante influenciada pelos árabes, o que explica um festival de Cuscuz que aconteceu durante o tempo que estivemos lá.

Trapani

Trapani

dia 12 – quarta – feira: Dia em Trapani.

A cidade é incrível, uma das mais interessantes que conhecemos durante esta viagem. A praia é longa e se transforma conforme você a percorre. Recomendamos a ponta da praia do lado oposto ao centro histórico: uma paisagem única, mistura de vegetação e solo bens secos e uma água cristalina.

Captura de Tela 2015-08-13 às 16.36.36

Trapani

dia 13 – quinta-feira: Ônibus para Erice / ônibus para San Vito Lo Capo

Pegamos um ônibus local para conhecer Erice, cidade medieval que também foi recomendada por nosso amigo italiano. Você precisa pegar um teleférico que te leva até à cidade, que fica no topo de uma montanha. Incrível! A vista lá de cima é de tirar o fôlego.

De lá, pegamos outro ônibus para ir até San Vito Lo Capo. A praia é linda mas estava super cheia no dia em que estivemos lá.

Captura de Tela 2015-08-13 às 16.36.20

Erice

Captura de Tela 2015-08-13 às 16.42.08

San Vito lo Capo

dia 14 – sexta-feira: Barco para Marettimo.

Trapani é também o ponto de partida para conhecer as ilhas Égadi – Favignana, Levanzo e Marettimo. Os bilhetes são vendidos no porto e nós pagamos 35 euros por pessoa para conhecer Marettimo, que é uma ilha ainda super selvagem, pouquíssimos habitantes e lindas paisagens.

Marettimo

Marettimo

dia 15 – sábado: Barco para Nápoles

Pegamos um ferry para voltar para o nosso ponto de partida, Nápoles, pois nosso vôo de volta para Paris saía de lá. Ainda foi possível passear um pouco pela cidade na parte da tarde e terminamos a noite com uma belíssima pizza, claro!

Captura de Tela 2015-08-13 às 16.55.27

Pizzeria da Pellone – Nápoles

dia 16 – domingo: Trem para Pompéia.

Resolvemos passar o nosso último dia de viagem em Pompéia, cidade do Império Romano e que foi completamente devastada em 79 d.c. pela erupção do Vesuvio. Passeio muito interessante, cheio de beleza e história. Recomendamos!

Pompéia

Pompéia

 

Terminamos por aqui o nosso roteiro. Esperamos com ele poder colaborar para que as férias de vocês sejam tão boas quanto as nossas 🙂

Share on FacebookEmail this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Tumblr

Veja também...

4 Respostas

  1. Adriana disse:

    Me pareceu incrivel!!!Conheci a Costa Amalfitana, mas não conheci algumas das cidades acima.Proxima viagem para a Sicilia, certeza q Tropea estara na lista!Obrigada pelas dicas!Amooooo o expressoparis.

  2. Maria Cristina Dal Rio disse:

    gostei muito. Ajudou a programar minhas férias. Obrigada

  3. Simone disse:

    Da pra ir a costa amalfitana em fevereiro? Eu e meu marido teremos férias nesta época, período tb do carnaval!

  4. RONALDO MESZAROS disse:

    Estamos planejando nossa lua de mel, qual o custo aproximadamente para essa viajem ?
    grato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *