Museu D’Orsay: a antiga estação ferroviária que se transformou em museu.

MuseeDOrsay

O museu D’Orsay está situado na margem do rio Sena, no 7˚arrondissement de Paris. Este museu, que foi construído a partir de uma antiga (e belíssima) estação ferroviária, apresenta coleções de arte ocidental de 1848 até 1914. Coleções esta que são bem diversas, incluindo: pintura, esculturas, fotografia, etc.
O museu conta com obras de artistas importantíssimos como: Van Gogh, Monet, Degas, Maurice Denis e Odilon Redon. Além disso o museu D’Orsay apresenta a maior coleção de obras impressionistas do mundo! Lá você pode encontrar obras de: Edgar Degas, Auguste Renoir, Auguste Rodin, Camille Claudel e Medardo Rosso.

Com toda certeza, o museu D’Orsay é imperdível para os turistas que se interessam por arte!

O museu é aberto de 9h30 às 18h na terça, quarta, sexta, sábado e domingo. Na quinta-feira, abre no mesmo horário mas fecha mais tarde, às 21h45

Os bilhetes são vendidos até às 17h e na quinta-feira até às 21h. 

O preço da entrada no museu é de 11 euros e 8,50 em casos especiais (menores de 25 anos, depois das 16h30 e depois das 18h na quinta-feira).

Atenção: o museu é fechado toda segunda-feira.

Dica: O passaporte Museu D’Orsay + Museu de l’Orangerie custa 16 euros e o Museu D’Orsay + Museu Rodin, 15 euros. Você encontra estes passaportes na bilheteria. 

Como chegar: 

RER: linha C – estação Musée D’Orsay

Metrô: linha 12 – estações  Assemblée Nationale e Solférino.

Site oficial : Musée D’Orsay

museu d'orsay

Share on FacebookEmail this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Tumblr

Veja também...

2 Respostas

  1. Sandra disse:

    Boa noite,
    se puder ajudar-me com uma informação ficarei muito grata. Chegarei em Paris ao meio dia de 30/12 e pegarei um voo para São Paulo às 21 h. Queria muito conhecer o Museu D’Orsay, nem que fosse por apenas umas 2 horas…vc acha que daria tempo? Pelo que pesquisei,entre o Aeroporto Charles De Gaulle até la, seria pouco mais de 1 hora ou 1:30. Vc acha que seria mto arriscado pelo tempo de que disponho? Se for possível, poderia indicar-me como chegaria de metro até lá?
    Abs’

  1. 1 de novembro de 2016

    […] culturais. O que poucos visitantes fazem é sair do eixo tradicional de museus como o Louvre e o Quai d’Orsay para explorar a cena cultural atual da […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *