Onde se hospedar em Paris – entenda a cidade

Muita gente nos escreve com dúvidas de onde se hospedar em Paris. A resposta é quase sempre a mesma: depende! Depende do que você pode e quer gastar com hospedagem, do que você gosta de visitar, do seu estilo de turismo…

Porém, entre todos estes fatores, o mais importante é você se certificar que estará perto de uma estação de metrô. Esta tarefa não é muito difícil, já que são 16 linhas de metrô e 302 estações ao todo! Se o lugar que você está querendo se hospedar não tiver algum metrô por perto, provavelmente é fora de Paris. Fiquem sempre atentos a isso!

Outra dúvida muito frequente entre nossos leitores é o melhor local para se hospedar para visitar os pontos turísticos. A boa notícia é que vocês não precisam se preocupar com isso. Se vocês estiverem hospedados dentro da cidade, provavelmente estarão perto de uma estação de metrô que te levará a todos os pontos turísticos. Se o metrô não for uma opção pra você, sempre é possível pegar ônibus ou táxis. Paris é uma cidade muito densa e com um trânsito bastante caótico, então aluguel de carro é realmente a última opção!

Para entender melhor a cidade é preciso antes de tudo dar uma lida nessa postagem que esclarece tudo sobre os arrondissements de Paris.

onde se hospedar em paris

 

Vamos citar agora, de maneira bastante sucinta, as principais características dos arrondissements para ajudar quem ainda está na dúvida de onde se hospedar em Paris.

Arrondissements 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8: são os mais centrais da cidade, e por esta mesma razão talvez sejam os mais caros para se hospedar. Vários pontos turísticos conhecidos estão localizados nessa região, como por exemplo a torre Eiffel, catedral de Notre Dame, Panteão, museu do Louvre e avenida Champs Élysées.

Arrondissement 9: é onde fica a Opera Garnier e a galeria Lafayette. É bem movimentado e vivo.

Arrondissements 10, 11 e 12: são lugares mais populares, jovens, com muitos bares para quem gosta da vida noturna.

Arrondissement 13: conhecido principalmente por ser o bairro chinês.

Arrondissements 14 e 15: Lugar bem residencial, com opções limitadas para quem se interessa pela vida noturna. Agradável para um passeio durante o dia para se familiarizar com a rotina dos parisienses, longe dos turistas.

Arrondissement 16: local residencial e bastante chique, com boas opções de restaurantes para quem quer gastar um pouco mais.

Arrondissement 17: metade é um bairro residencial muito caro e chique, a outra metade (a partir de Batignolles) o bairro se torna mais popular.

Arrondissement 18: charmoso, popular, vida noturna agitada. É onde se encontra a basílica de Sacre Coeur e Montmartre, além das regiões da Goutte d’Or e Barbés.

Arrondissement 19 e 20: populares, vida noturna vibrante. É onde fica o lindíssimo parque Buttes Chaumont, ideal para um pique nique. Também abriga grande parte da comunidade chinesa de Paris, ou seja, ideal para quem adora um restaurante asiático.

Não deixem de enviar seu comentário com suas experiências para enriquecer ainda mais esta postagem!

 

 

Share on FacebookEmail this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Tumblr

Veja também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *